Questionários, Formulários de Pesquisa e Enquetes

Uma pesquisa é um meio de elicitar informações de muitas pessoas, algumas vezes de forma anônima, em um período relativamente curto de tempo. Uma pesquisa pode coletar informações sobre clientes, produtos, práticas de trabalho e atitudes. Uma pesquisa pode também ser chamada de questionário.

Descrição

Uma pesquisa consiste em um conjunto de perguntas escritas às partes interessadas e aos especialistas do assunto. De forma alternativa, são fornecidos aos respondentes uma série de declarações em que são solicitados a indicar o seu grau de concordância ou apoio. As respostas são analisadas e distribuídas às partes apropriadas.

As perguntas em uma pesquisa são de dois tipos:

▶ Fechadas: É solicitado ao respondente selecionar entre as respostas disponíveis.

Isso é útil quando o espectro de respostas possíveis é bem compreendido, mas a força de cada categoria de respostas precisa ser determinada. As respostas às
perguntas fechadas são mais fáceis de analisar do que aquelas adquiridas a partir de perguntas abertas, porque elas podem ser vinculadas a coeficientes numéricos.

▶ Abertas: O respondente é livre para responder às perguntas da forma que desejar.

É útil quando as questões são conhecidas, mas o espectro de respostas possíveis não é. As respostas a perguntas abertas podem fornecer mais detalhes
e um espectro maior de respostas do que as obtidas com perguntas fechadas. Contudo, perguntas abertas são mais difíceis de quantificar e resumir, pois elas
frequentemente incluem linguagem qualitativa ao invés de quantitativa.

Elementos

Preparar

Uma pesquisa requer preparação detalhada para garantir que a informação necessária seja obtida enquanto se busca diminuir o tempo necessário para o respondente completá-la.

▶ Definir o propósito da pesquisa e o grupo alvo. Identificar os objetivos e o grupo a ser pesquisado. Confirmar junto ao patrocinador.

▶ Escolher o tipo apropriado de pesquisa. Os passos iniciais de uma pesquisa são semelhantes aos de uma entrevista (9.14), mantendo-se em mente que entrevistas semiestruturadas são similares às pesquisas com respostas abertas e entrevistas estruturadas são similares às pesquisas de respostas fechadas.

▶ Selecionar o grupo de amostra. Considere ambos os tipos de pesquisa (aberta e fechada) e o número de pessoas no grupo identificado de usuários para determinar se o grupo todo precisa ser pesquisado. Quando um grupo de amostra é pequeno, pode ser prático entrevistar todos os membros do grupo. Quando o grupo é grande e a pesquisa desejada é de perguntas abertas, pode ser necessário identificar um subconjunto de usuários. Pode também ser importante pesquisar todos os membros de um grupo grande se seus perfis indicarem grandes variações devido à distribuição geográfica, diferenças reguladoras ou falta de padronização nos cargos ou processos de negócios. Para situações como essas, o uso de amostragem estatística irá auxiliar a garantir que os resultados da pesquisa não sejam tendenciosos.

▶ Seleção dos métodos de distribuição e coleta. Para cada grupo de amostra determinar o modo apropriado de comunicação, como questionário impresso, correio eletrônico (e-mail) ou fórum na web.

▶ Projetar o nível desejado de resposta. Determinar qual seria o percentual de retorno de respostas aceitável. Se o percentual atual de respostas estiver abaixo do limite aceitável, o uso do resultado da pesquisa pode ser limitado. Oferecer um incentivo pode aumentar o percentual de respostas, mas o custo do incentivo deve ser justificado e orçado.

▶ Determinar se a pesquisa deve ser apoiada por entrevistas individuais. Uma vez que uma pesquisa não fornece o aprofundamento das informações como ocorre nas entrevistas individuais, considerar:

▷ Entrevistas preliminares à pesquisa com indivíduos-chave podem fornecer ideais para perguntas da pesquisa.

▷ Entrevistas após a pesquisa podem atacar respostas específicas da pesquisa ou temas para elicitar um nível maior de detalhe.

▶ Escrever as perguntas da pesquisa.

▷ Comunicar o propósito. Explicar os objetivos da pesquisa. Se as partes interessadas puderem ver razão para completar a pesquisa, elas são mais propensas a fazê-la.
▷ Estar ciente das características do grupo. Compreender o histórico do grupo alvo, incluindo o seu ambiente e terminologia específica. Utilize essa informação ao escrever as perguntas. Se existir uma diversidade significativa nos históricos do grupo, pode ser útil dividir o grupo grande em grupos menores e homogêneos durante o estágio de preparação e, então, produzir variações da pesquisa que se adaptam ao histórico de cada subgrupo.
▷ Foco nos requisitos: Todas as perguntas devem ser feitas na direção dos objetivos declarados.
▷ Fazer a pesquisa fácil e rápida de ser completada, de preferência em não mais de cinco ou dez minutos. Isso implica limitar o número de itens da pesquisa e organizá-los em uma ordem que conte uma história.
▷ Garantir que as palavras utilizadas nas perguntas sejam claras e concisas, usando terminologia familiar para os respondentes.
▷ Cada item deve abordar um ponto específico. Evitar perguntas duplas em uma única pergunta.
▷ Evitar o uso de frases na negativa.
▷ Evitar estruturas complexas nas quais o resultado de um “se” é filtrado através de subsequentes “se”.
▷ Evitar fazer perguntas que possam deixar os respondentes desconfortáveis. A tentativa de elicitar informações que são restritas por regulamentos tende a colocar as pessoas na defensiva.

▶ Teste a pesquisa. Execute um teste de usabilidade na pesquisa. Utilize os resultados para fazer ajustes à pesquisa.

.2 Distribuir a pesquisa

Os meios de distribuição devem ser selecionados com base em:

▶ Políticas organizacionais

▶ Urgência na obtenção dos resultados

▶ Nível de segurança requerido

▶ Distribuição geográfica dos respondentes

.3 Documentar os resultados da pesquisa

▶ Confrontar as respostas. Para as respostas de perguntas abertas, avaliar os detalhes e identificar quaisquer temas emergentes.

▶ Analista e resumir os resultados.

▶ Reportar descobertas ao patrocinador.


Os questionários são métodos de recolhimento de Informação baseados em perguntas escritas. Dependendo do objetivo, podem ser usados como alternativa às entrevistas.

Os questionários são úteis para obtenção de informação qualitativa e opiniões relativamente simples. A escolha da linguagem deve refletir a cultura da organização. As questões devem ser de resposta fechada, simples, específicas e tecnicamente precisas.

Os questionários são particularmente úteis quando é preciso obter o mesmo tipo de informação de um grande número de pessoas.

Os questionários não são adequados para obter opiniões aprofundadas, identificar problemas ou soluções para uma situação.

Dica: Uma maneira prática de fazer a leitura de cenária de maneira macro e micro, rápido e eficaz. Nos meus últimos projetos usei ferramentas de questionários/enquetes disponíveis na internet, são fáceis de usar e principalmente, a geração de relatórios é muito rápido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *